segunda-feira, dezembro 31, 2007

Seduções

Toda contradição
é uma festa
o inaudito nos fere de vida
novidade
reinvenção do mundo
como a escritura de deuses apócrifos
e alegres
que nos recebem na volta para casa
como quem ama seus filhos transviados
e deixa a porta aberta a qualquer hora.

Toda contradição remexe o fundo
levanta lodo e bichos
muito estranhos
ainda sem nome
que almoçam à nossa mesa
e imaginosos
ensinam
paixões devastadoras
e perfeitas.

3 comentários:

Márcia disse...

"toda contradição é uma festa" : esse verso é uma jóia, um verdadeiro achado.

2008 feliz-feliz, querida.
beijos muitos.

Lunna Montez'zinny disse...

Toda contradição é uma festa. Acho que todos nós somos contradições vagando ao vento.
Que seus dias sejam de continuidade e reflexão - o novo é uma ilusão (breve) o segmento é realidade. Ou seria o contrário? Abraços

héber sales disse...

as contradições são muito estimulantes, eu acho.
um beijo.