quinta-feira, outubro 09, 2008

Manhã 3



Toda manhã traz uma flecha líquida
de luz sem medo.

Toda manhã
um segredo se extravia
numa janela
mais alta que o sono.

Toda manhã reabre feridas
expondo o corpo do dia
sobre a cama.

3 comentários:

Mïr disse...

Belo.

atento disse...

A limpidez dos dias faz-nos bem.

Abraço

Jacinta Dantas disse...

Toda manhã, a gente renasce com o sol. O sol que de tão grande, faz todos os dias serem com é. Nem mais, nem menos. É dia.
Abraços