domingo, junho 22, 2008

Hoje

Hoje
a música me atinge com suas dores
e fúrias

as alegrias sonsas do amor
nesga de lua a entrar pela janela entreaberta.

3 comentários:

Rosangela disse...

OI Adelaide...

Eu to postando em meu outro blog, http://compactandoletras.blogspot.com/...
Quanto ao texto, a musica faz do poeta ainda mais apaixonado, ainda mais sofredor e ainda mais belo e magnifico...

Beijos quentinhos para espantar o frio....

Carol Timm disse...

Adade,

Hoje eu estou sentido o poesia dessa sua forma...

É lindo esse poema!

Beijos,
Carol

Lunna Montez'zinny disse...

Hoje estava lendo Buscaglia e apreciando a manhã de sol aberto, intenso, com cores surreais. O mar em foco, lá no fundo me fez pensar nas garças, brancas, "arrulhando" na areia, nas pedras e depois voando em busca de alimento (que anda escasso). Seu versar me levou de encontro a isso.
Beijos caríssima

Blog Acqua .