segunda-feira, janeiro 21, 2013

Planeta





Os dias que faltam
talvez possam trazer o cheiro da floresta
dia de festa
antes do fim.
Quem sabe escute o rumor desse riacho
que conheci tão cedo
e o sol da tarde no alto
dentre as copas.
Talvez encontre um bicho
uma preguiça
um gato
ou o lagarto reluzente
que vi na infância?

A dor do mundo
dói mesmo
no fundo de cada um.
Não te assusta um pouco
viver neste planeta
de ouvidos moucos?

20 comentários:

Adri Aleixo disse...

Tão doído, mas tão belo...
Linda a imagem também!

É pena ainda existirem tantos ouvidos moucos num planeta tão belo.

Um belo dia para você. Beijo!

Assis Freitas disse...

"são demais os perigos dessa vida",



beijo

Bia disse...

Ouvidos moucos fazem medo, sim!
Beijos, Dade.

Ira Buscacio disse...

o mundo terá salvação, quando a dor do mundo pesar mais que nossa própria dor.
Dade, hoje msm, enquanto fumava debruçada sobre minha janela, pensava nesta dor que dói intensamente, quando observava uma senhora remexendo o lixo que fica na calçada pra ser recolhido. É pesado!
Belo texto!
bj grande

AnaC disse...

Terríveis os perigos que se correm neste mundo.

Beijos pelo belo poema.

Ivan disse...

Faz medo, sim!
Pessoas não ouvem você.
Por isso, imprevistos acontecem.

Beijos do Ivan

Primeira Pessoa disse...

viver é muito perigoso, já dizia aquele joão.


doloroso?
sim, claro.
prazeroso, também.

abração, dade.

r.

Tania regina Contreiras disse...


te lendo, lembrei do Bachelard e das paisagens da infância que também nos moldam.

O mundo me assusta muito, muito!

Beijos, Dade

R. Vieira disse...

E como assusta!!!!


Adoro teus versos!
Beijos Dade!

Fred Caju disse...

Assusta, angustia, dói.

dade amorim disse...

Adri, um grande beijo pra vc.
Breve volto a teu blog.

dade amorim disse...

São mesmo, Assis!
Estou voltando hoje, até amanhã.
Beijo

dade amorim disse...

Sim Bia, é o que sempre penso.
Beijo beijo.

dade amorim disse...

A vida é pesada, Ira querida.
Breve volto a teu blog.
Beijos.

dade amorim disse...

Obrigada, Aninha, e um grande beijo pra vc.

dade amorim disse...

Dificilmente as pessoas se interessam muito de ouvir o outro.
Beijo, Ivan.

dade amorim disse...

Há os momentos de dor e os de prazer.
Com certeza, Roberto.
Abração.

dade amorim disse...

O mundo me assusta tb, Tania.
Volto a teu blog logo logo.

Beijo grande.

dade amorim disse...

Obrigada, R. Vieira.
Beijo e até breve.

dade amorim disse...

Assusta, angustia, dói. Tem razão, Fred.
Até breve, te vejo no blog.