segunda-feira, março 25, 2013

Manhã de inverno



                                                        Imagem sem nome de autor


O que te falta
impele
motivos novos
faces desconhecidas
e tudo te enamora.

O que não foi
ilumina teus caminhos.
O amor que não deu certo
e já não sangra
alimenta a vida que te espera
a mais bela manhã aberta ao sol.

11 comentários:

Fred Caju disse...

Caminho convidativo: o não-dito.

teca disse...

Inteiramente eterno...

Feliz Páscoa!

Beijo, beijo. ;)

césar disse...

O que não foi...
Quantas vezes ilumina nossos caminhos em nosso íntimo.

Beijo.

R. Vieira disse...

Cada vez que passo aqui, me emociono um pouco mais!

Maravilha te ler Dade!
Um beijo grande!
Feliz páscoa!

Adri Aleixo disse...

Delícia de espaços, Dade!
Beijo.

Ira Buscacio disse...

Dade,gosto imenso das coisas mudas e gosto, especialmente, do teu canto

bjão mulher poeta

Assis Freitas disse...

o que não vinga ainda pode ser fruto,



beijo

Enylton disse...

Hoje estou vendo um dos mais lindos poemas que vc escreveu, amiga Dade.

Beijos nossos.

dade amorim disse...

Amigos queridos, agradeço seus comentários animadores e queridos.
Hoje não conseguirei agradecer pessoalmente, mas podem acreditar - amei todos eles.
Beijos.

Jota Effe Esse disse...

Um belo poema. Meu beijo.

Nilson Barcelli disse...

O que nos falta e não foi, e mesmo o amor que se foi, não nos devem impedir de sermos felizes.
Magnífico poema, gostei muito querida amiga.
Um beijo.