sábado, março 08, 2014

Sobrevivente



Ele bem sabe
o que se viu
carimba o não-lugar a que se chama de alma.

Ele aprendeu do tempo
impresso na madeira de sua pele
outro lugar de lembranças misturadas
recolhidas.

Ainda vê
o barco segue singrando sempre o mar da hora
e se é telhado
protege de segredo os sustos da janela
e os estilhaços que cruzam
longe do chão o céu
e a guerra.

Os rostos de outro tempo
falam com ele
e entre si na sala
onde a mobília da infância
vem visitá-lo depois do meio-dia.

O que se viu é texto inacabado
sem prazo de existência
e todo inteiro.
Essas imagens persistem
recortadas
e destacadas de vez da realidade
quem sabe mortas de mofo no silêncio.

Mesmo incompletas de sombra
as coisas vistas duram
acomodadas em nichos
na cera do não-lugar a que se chama de alma.

5 comentários:

Evanir disse...

Boa Noite.
Hoje tão somente hoje quero deixar de alguma forma meu
carinho a todos que sempre dedicou um dia de carinho para mim .
Meu desejo seria retribuir de alguma forma tudo que aprendi na vida e nos últimos anos
como um grito de amor nesse dia Internacional da Mulher.
Rogo a Deus por todos as mulheres que ainda sofre em todo o Mundo.
Pela falta de compreensão , discriminação pela raça , pela cor , pela classe social
pela mutilação .
Que nesse Dia você possa olhar para dentro de si mesmo e dar
graças a Deus pela vida ter sido generosa ,
pois a mim você sempre deu carinho afeto e companheirismo .
Quando estava prestes a desistir, lembrei-me.
Tinha a maior riqueza do mundo sua (Amizade)
Hoje deixo essa mensagem independente de ser amiga ou amigo.
Eu preciso muito da sua amizade e capacidade
de aceitar - me como sou quero sim
sua amizade esse sim é o presente que peço nesse Dia Internacional Da Mulher .
Com todo carinho saberei recompensar sua amizade com o mais puro amor
que existe dentro do meu coração.
Deixo nesse dia beijos no coração e afagos na Alma.
Deixei na postagem um mimo encontre o que você gostar é minha gratidão
por tudo que representa na minha vida.
Carinhosamente.Evanir.

Nilson Barcelli disse...

A alma é um lugar tão recôndito que às vezes nem o próprio o enxerga...
Excelente poema, gostei.
Beijo, querida amiga Dade.

José Carlos Sant Anna disse...

Este poema desbarranca as minhas margens, Dade! Belíssimo!
Beijos,

Graça Pires disse...

"O que se viu é texto inacabado
sem prazo de existência e todo inteiro".
Viu-se também um poema excelente, minha amiga.
Beijo.

Assis Freitas disse...

profundíssimo



beijo