sexta-feira, abril 11, 2008

Romance


  Imagem Simon Tyszko.


Existiram pela tarde
e nas lagoas da noite
sentiram o cheiro que tinham
e iluminaram a pele
antes da aurora marcada.

Cantaram hinos
arfaram
as bandeiras da alegria
todas as noites do ano
tremendo no calendário.

Inexistiram
na noite sem aurora
nem lagoas
guardadas as bandeiras
refeito o calendário.

3 comentários:

Moacy Cirne disse...

Um romance é um romance é um romance: bandeiras de alegrias em "auroras abismadas" (Manoel Camilo dos Santos). Abraços.

Héber Sales disse...

o romance é isso aí, um tempo de exceção. um beijo.

Paloma disse...

Um amor num piscar de olhos...lindo poema!