sexta-feira, fevereiro 08, 2008

Presença


Henri Matisse.

Em cada canto da casa
tua presença perdura.

A música da noite te recria
e apascenta fantasias
desses rebanhos de sonho que inventamos.

A cada dia floresce e frutifica
toda a fraqueza da carne
nossa força.

2 comentários:

Lunna Montez'zinny disse...

Quase sempre a poesia me leva para dentro e me tranca num mundo meu. Depois de algum tempo eu saío e fico com saudades nas minhas margens.

Marcos Caiado disse...

tudo aqui é muito belo!