sexta-feira, março 14, 2008

Mira



Henri Matisse. Femme se reposant.



Dono de noites e tempestades
voa o desejo.

Todo desejo
é alma sempre nova
tem os cabelos molhados
o desapego aos ombros
mira imbatível.

3 comentários:

Betty Branco Martins disse...

querida__________Adelaide





.é sempre



um prazer______ler-te____...














beijO c/ carinhO

Lunna Montez'zinny disse...

Tenho esse sorriso bobo, um tanto infantil que fala muito. Não há palavras, mas centenas sensações. Meu silencio a você cara mia...
Bom fim de semana

Carol Timm disse...

Adade,

Lindo poema pra celebrar o Dia Nacional da Poesia!

Beijos e muitos dias de poesia para nós!
Carol