terça-feira, setembro 02, 2008

Fruta

Cada momento é fruta
doçura perecível
se o deixamos passar do ponto.

3 comentários:

soledade disse...

Sábio, o terceto, Adelaide, e doce, dizendo tão bem do que é frágil e precioso. Gostei muito!
Beijo

Marcelo Amorim disse...

Lindo isso. E certeiro.

Analuka disse...

Delicioso, saboroso, perfeito!