segunda-feira, novembro 30, 2009

Modus operandi


Aqui cabem amor esquecimento
e tudo mais que a vida acondicione
cabe a mochila das férias
e mais o crime
o medo
o espanto e a coorte dos desejos.

Cabe o perdão aqui
contanto que as articulações sejam poupadas
e cabe mais uma vontade imensa
obstinada
de pétalas se abrindo.

4 comentários:

Amélia disse...

Excelente poema!

dade amorim disse...

Agradeço a você, minha amiga Amélia.
Esta postagem teve que ser refeita, porque sumiu do blog.
Tinha 7 comentários, inclusive de amigos que me dão uma alegria toda especial, e que vieram ao Inscrições pela primeira vez.
Foi mal, queridos, e obrigada de novo.

Mai disse...

amor, esquecimento e tudo quanto couber no desejo e o desejo quer tudo...Belo 'modus operandi'

E Chet Baker também é tudo.

Samuel Pimenta disse...

Não tem que me agradecer, terei todo o gosto em acompanhar o blog.

Quanto a este poema, acho-o tão belo, tão singelo...
Tudo de bom,

Samuel Pimenta.