segunda-feira, julho 29, 2013

Relógios





Cuidado com os relógios
ditadores
sobre móveis
e paredes (mais ameaçadores
por sua posição).

Cuidado com suas falácias atrasadas ou
quando se adiantam
deixando pequenos abismos pelo chão.

Corpos rudimentares
mecanismo e tirania
dispostos canibais dissimulados
mas inúteis.

Tempo é trem involuntário
e considera fúteis
todo os relógios.

4 comentários:

Assis Freitas disse...

o tempo do relógio
o relógio do tempo
templo: contemplo




beijo

José Carlos Sant Anna disse...

O tempo, este que nos escapa, que foge, este tirano que sempre nos rouba o melhor...
É sempre bom te ler, Dade!
Beijos,

Ivan disse...

Adorei, Dade!

Beijos do Ivan

R. Vieira disse...

Tempo, tempo, tempo!!!
Adorei tua reflexão Dade!!!

Beijos!!