quinta-feira, dezembro 13, 2007

...

O dia é dobra do tempo
que se desdobra vivendo
o dia é sobra do tempo
numa viagem de ida.

O dia é cobra do tempo
quando nos mata de vida

3 comentários:

Loba disse...

Perfeitos os verbos que dão ação ao dia! E o fechamento está instigante!!!
Querida, ando meio longe de tudo, mas com saudades, viu?
Beijão procê.

(l' excessive) disse...

Perfeito!
:o)

héber sales disse...

excelente! versos para se anotar numa agenda e ler todo dia.