sexta-feira, dezembro 14, 2007

A surpresa nas palavras


René Magritte. Homem de costas e lua.

Uma nesga de futuro
se instala em cada palavra.
Desmente quem a decifra
devora quem a procura
desvenda qualquer enigma
sem nunca se revelar.

3 comentários:

No disse...

e é daí que nasce
sem sexo, cor ou idade
o bichinho que nos devora
chamado: ansiedade ;)

héber sales disse...

o sentido de uma palavra
parece mesmo inesgotável

Luana disse...

Muito sutil o modo como você diz as coisas.