quarta-feira, dezembro 26, 2007

Moradas

Se nada resta
e tantas frases se dilaceram
numa penumbra de plânctons
será talvez melhor buscar ao sol
figuras pervertidas pela dor.

Será talvez
nem tão difícil assim
revisitar moradas
onde semblantes perdidos
de outro tempo
talvez esperem ainda.

Nada resta.
Melhor buscar um país
onde haja vida.

2 comentários:

héber sales disse...

eu gosto de ir até Wonderland ;)
um beijo

Lunna Montez'zinny disse...

Se nada resta?
Pensei no verso de Pessoa
Prefiro a morte
ao silencio de uma vida inteira!
Abraços