sexta-feira, junho 14, 2013

Súbito



A qualquer momento
a flor dos sentidos
se faz breve.
Quando menos se espera
mergulha-se num mar
insuspeitado.
De repente
entra em eclipse
tudo que se pensava
do viver.

4 comentários:

Aloísio disse...

Lindo e delicado, Dade, como vc sabe fazer...

Beijo.

José Carlos Sant Anna disse...

Este Dade é para se tirar o chapéu e fazer reverência. Está perfeito! De um lirismo à flor da pele!
Abraço grande,

Assis Freitas disse...

é tudo num átimo e ...


beijo

Ivan disse...

Be[issimo, este e o próximo.

Beijos do Ivan.