sábado, outubro 16, 2010

Poema-amigo: Nílson Galvão

O poema a seguir é um dos dois que Nílson dedicou a Borges e/ou Cortázar.
Vale a pena conhecer os dois poemas, no Blag.
Sempre vale a pena ler a poesia de Nílson.


O vidro-mundo
Não, eu não saberia dizer por quanto
tempo essa música insone, desde Pitágoras,
não sei, desde um sábio qualquer no futuro
que é o mesmo. Essa música mesma,
mesmíssima, soando, soando, soando,
música gerúndio, gerânio. Você que
me abre a porta insuspeita no corredor
habitual e lá está, a flor-espinho, a carne viva,
o vidro-mundo. Me diz por quê.


Nílson Galvão









Inexato

Suspeito dessa manhã envidraçada
em luzes falsas e chuva nos cabelos.
 
E se os pássaros voltarem?

Se bem mais tarde a noite viajar ao fundo de sua música
até se desdobrar em muitas luas asas
dobraduras
aos olhos das janelas?
Visões que o cansaço apagou
quem sabe?
podem ter sobrevivido.

Dade Amorim

13 comentários:

José Carlos Brandão disse...

Os pássaros sempre voltam, Dade.
Gostei de lê-la, com a esperança na ponta da língua.
Um beijo.

Amélia disse...

Lindo!

Zélia Guardiano disse...

Dois deslumbramentos, Dade!
Demais!
Vou correndo à procura de mais versos de Gilson...
Grande abraço, amiga.

Fluzão Eterno disse...

Tenho um blog sobre curiosidades e gostaria de saber de você se haveria a possibilidade de você me ajudar
colocando o link do meu blog no seu e eu faria o mesmo com o seu,meu nome é Luciano e sou Bombeiro Militar
no Rio de Janeiro,
parabéns pelo trabalho que vem fazendo com seu blog e fico aguardadando sua resposta

Curiosidades
http://centraldascuriosidade.blogspot.com/

Tenho um blog também sobre bombeiros
Vida de bombeiro
http://www.heroisdavida.blogspot.com/

Mensagens e poemas:
Mensagens
http://centraldoamorvirtual.blogspot.com/

Meu time de coração,Fluminense:
Fluzão
http://fluzaoeterno.blogspot.com/

Visite os meus blogs e veja se pode me ajudar colocando o link de algum deles no seu,um abração

Caso tenha interesse entre em contato comigo pelo email lmturl@gmail.com,mandando mensagem em qualquer blog meu
ou pelo orkut http://www.orkut.com.br/Main#Profile?rl=ls&uid=5076013500225631247

MSN; bombeiro_dorio@hotmail.com

Assis Freitas disse...

diálogo excelente, os dois poemas são plenos e se correspondem em suas entrelinhas, entreversos, entreacordes e despertam o leitor



beijo

Lara Amaral disse...

Meus sentimentos envidraçados estilhaçam-se em poemas como os seus, flor.

Beijinho.

Carol Timm disse...

Oi Dade,

O poema amigo do Nilson e o teu tão inexato e bonito formam um lindo dueto de música e poesia as melodias e entrelinhas escorrendo dos dois...

Beijos,
Carol

Mirze Souza disse...

Lindos os poemas, Dade!

Você colhe os melhores e nos aponta o caminho!

Beijos, querida!

Mirze

contagotas disse...

O silêncio insurdecedor dessas manhãs envidraçadas por vezes permitem sobreviver.

Bjos
MariaIvone

Lalo Arias disse...

Surgiu agora um novo sinônimo para inexato: perfeito. E que mundo de emoções...
Beijo, Dade.

Úrsula Avner disse...

Oi Dade,

bela postagem, em fino grão... Aprecio muito sua escrita apurada e seu lirismo envolvente. Parabéns a você e ao Nílson pela magnitude dos poemas. Bj.

nydia bonetti disse...

No vidro mundo há flores. Grandes possibilidades de que venham os pássaros. :) Nossa... dois super poemas, de dois super poetas. Lindíssimos. Beijoos!

Nilson disse...

Oi, Dade, eu enrolado chego aqui agora e vejo esse diálogo intenso. A sua manhã envidraçada me deixou convencido: o que interessa é o inexato. Grato, mais uma vez!