quarta-feira, dezembro 29, 2010

Eco



 
Sou meu resto
mas ainda acredito.

Sonho com a neve
véu sobre um bosque
vegetais rasteiros
sob a lua.

Todas as noites
desilusões semeiam
gatos cegos
como se ainda pudessem
voltar a enxergar.

Mas um amor não recomeça.

Ainda vive um resto
que respira.

10 comentários:

Sônia Brandão disse...

Dade, um Feliz 2011 pra você; muita alegria, muito amor, muita paz. E que você continue nos brindando com a sua sensibilidade, com a beleza dos seus poemas.
bj

Zélia Guardiano disse...

Dade, minha querida
Que preciosidade!
Palavras encantadoras, que ficam ecoando no meu espírito!
Lindo demais...
Abraço, amiga, acompanhado dos meus sinceros votos de Feliz Ano Novo, para você e para todos aqueles que lhe são caros...

Lara Amaral disse...

Expira fortemente a poesia, chega aqui!

Beijo.

Lídia Borges disse...

Ecos de esperança inscritos numa voz cheia de serenidade.


L.B.

Marcelo Pirajá Sguassábia disse...

Lindo poema, Dade. Deixo aqui meus parabéns e meu obrigado pelos votos deixados no meu blog. Sigamos juntos em 2011. Um beijo.

Janaina Cruz disse...

Sonhando conseguimos fazer mapas de felicidades que ao mexer de cílios ganha ares de possibilidade, para que um grande amor renasça, basta o vento para atiçar em incêndios as brasas escondidas...

Amei, sigo o blog com prazer!

Felicidades...

Assis Freitas disse...

puxa vibrou aqui por dentro, belo


beijo

Mirze Souza disse...

Maravilhoso, Dade!

Só não pode parar de acreditar; Enquanto respira o sonho há vida!

Beijos

Mirze

Anônimo disse...

Lindo, Dade!
Quero te desejar tudo de bom no novo ano de 2011 e sempre, sempre tua poesia.

Bjsss
Kelly

Antonio Carlos disse...

Querida amiga, Dade!

Amiga, eu preciso de você aqui pra continuar no novo ano
Incompatível, mas não consigo
Falta coragem para eu terminar mais uma jornada

Me diz o que é que eu falo
O que é que eu faço agora
Se fico ou vou embora
Amigo, me ajuda com sua companhia

Amigo, saimos dessa porque a vida anda
O ano não passou rápido?
Então deixa se virar

Se vira, ta indo embora
Vou ver o mundo lá fora
Se vira, tô indo embora
Se tá sofrendo agora chora
Chora, chora,chora de alegria

Obrigado por sua amiade e companheirismo neste ano de 2010!
Desejo a voce um 2011 incrível de muitas alegrias, felicidades, que a pa e saúde vigorem em seus corações!
Grande abraço, foi um imenso praer conhecê-la neste ano.