sexta-feira, setembro 23, 2011

Sideral


Costurado entre as vozes
o silêncio
passa despercebido.
E no entanto
sem ele
palavras seriam vãs.

Silêncio é o espaço
entremeado às palavras
como o espaço sideral
a sustentar estrelas.

7 comentários:

Daniela Delias disse...

"Não existiria som se não houvesse o silêncio...". Bonita costura de versos...

Amélia disse...

Belíssimo,Dade.Um beijo e bom fim de semana, aí primaveril,aqui outonal...

Sandrio cândido. disse...

O silêncio é a grande necessidade da época.

Assis Freitas disse...

no espaço não há som, silêncio e só



beijo

MIRZE disse...

Maravilham Dade!

O silêncio! Sustenta quase tudo, até mesmo as estrelas que embargamos na
voz.

Beijos

Mirze

Ivan disse...

O silêncio sideral nos cerca por todos os lados. Nada o interrompe.
Belo poema.
Beijo.

Sônia Brandão disse...

Belo, Dade.
A poesia nasce do silêncio.

bjs