segunda-feira, dezembro 05, 2011

Estações



O sol esfria
e desenha
miragens pelo céu.

A noite abre sua tenda
e nos telhados
a chuva lava o passado.

O mundo é a plataforma paciente
de muito mais do que quatro estações.

6 comentários:

Enylton disse...

Muito mais, muito mais, com certeza.

Beijos nossos.

Luana disse...

Hoje as estações estão mais múltiplas que nunca!

Beijo de ótimo Natal para você e família.

teca disse...

Uma delícia de versos... invadem a eternidade.
Um beijo com flores.

Elisa Cunha disse...

Quatro é um número muito pequeno diante da amplitude do universo.

Beijos

Ivan disse...

Minha predileta é segunda estrofe. Mas o poema tem um simbolismo todo próprio.
Beijos do Ivan.

Jorge Pimenta disse...

"O mundo é a plataforma paciente
de muito mais do que quatro estações."
que dizer mais? infinitamente tão verdadeiro quanto belo!