sexta-feira, dezembro 02, 2011

Antinarcísica



Nem sempre lhe acontece
o que deseja.
A imagem que agrada
à primeira vista
não é para todos
nem para sempre.

Olha a vida sem ironia.
Só por isso
deixou de se mirar no lago
de Narciso.

9 comentários:

Fred Caju disse...

Em meio há tantas pró-narcísicas, o caminho a contrapelo é sempre o melhor.

AnaC disse...

É isso, à medida que o tempo passa, ficamos menos narcísicos...

Bjss

Jorge Pimenta disse...

raízes queimadas em terra verdejante. nem sempre o que [nos] parece é e o preço da utopia raramente se mantém estável ao longo de uma vida.
beijinho, dade querida!

nydia bonetti disse...

Nenhuma imagem é para sempre... Os rios que o digam... Agora vou ler teus livros, dade. Bjos!

Nilson Barcelli disse...

Ser realista é importante.
Gostei do teu poema.
Querida amiga Dade, tem um bom fim de semana.
Beijos.

Assis Freitas disse...

espelho, espelho meu
és o avesso, do avesso



beijo

dani carrara disse...

bonito.

um beijo, dade.

Elisa Cunha disse...

Não me atrevo a acrescentar nada mais. Só... gosto dos seus poemas.

Beijos.

césar disse...

Narciso perdeu muito tempo se olhando em seu lago. Não vale a pena.

Beijos.