segunda-feira, janeiro 16, 2012

Tédio



Se o tédio vem à tona
o silêncio da noite
é água parada.

8 comentários:

Leonardo B. disse...

[esse mar,

esse mar escuro pontuado de estrelas,
em silêncio.]

um imenso abraço, Amiga Dade

Lb

Luiza Maciel Nogueira disse...

o silêncio da noite, é poesia por si só! como música teu haicai tem som! beijos

Enylton disse...

Água parada é uma excelente imagem para o tédio. Lindo haicai.

Beijos nossos.

Úrsula Avner disse...

Oi Dade, poemeto lindo e sensível. Sempre é muito bom te ler. Bj.

Ivan disse...

A noite, o silencio da noite...

Beijos.

Assis Freitas disse...

e os moinhos se (re)movem,


beijo

mfc disse...

À noite o tédio afasta-se de mim...

MIRZE disse...

Amigos de longa data, num belo poema!

Lindo, Dade!

Beijos

Mirze