segunda-feira, junho 11, 2012

Pergunta



Eu me pergunto
por que o impulso
de ver mais longe
saber mais perto.

É quase noite
e ainda pergunto
por que o dia
não foi capaz
de saciar
esse delírio
e a ansiedade
pelo momento
de ver você
enfim chegando.


8 comentários:

Bípede Falante disse...

Grande pergunta!
De difícil resposta.
Voltarei aqui muitas vezes pra ver se alguém a tem.
Beijoss :)

mfc disse...

Uma pergunta que se repete dia após dia.
A ansiedade da vinda de quem se ama não esmorece...
Beijinhos,

Luiza Maciel Nogueira disse...

seria bom demais ver alguém chegar e o poema de amor envolve em portas abertas alguém que espera...lindo!

beijos

teca disse...

Você também é ótima, não só Quintana...
Adorei esses versos de hoje!

Beijo, beijo com flores do campo.

Assis Freitas disse...

eis a questão,



beijo

Ivan disse...

Ah, essa ansiedade não tem cura.

Beijos do Ivan.

Daniela Delias disse...

Eu às vezes tenho a maior simpatia pela ansiedade rs...

Bjos, linda!

AnaC disse...

Um momento que não passa, e a ansiedade cresce sempre.
Lindo poema, muito verdadeiro.

Beijinhos.