quinta-feira, junho 28, 2007

Sentimentos


Blue Molleskin. Auto-retrato.

O que não fiz
bate insistente no teto do porão
sob meus pés.

Cruza comigo na rua
demora um olhar de enigma em meu rosto
e seu sarcasmo fere os sentimentos
que todas as manhãs
espalho sobre a pele
(que para isso servem os sentimentos).

2 comentários:

(l' excessive) disse...

Adoro o que escreves!
Muitas vezes, dedo na moleira, mas ao mesmo tempo uma sensação de que não se está só no mundo das culpas...
Beijo pra você

Mel disse...

O que não fazemos sempre nos persegue, mostrando que poderíamos ter mais força para irmos em frente... Como tudo o que acontece na minha vida!