segunda-feira, outubro 15, 2012

Branco



Campo de neve
a lua ainda não veio.

O branco de uma ausência
encharca o mundo de dor
dessas que vão durar
toda uma vida.

9 comentários:

Márcia disse...

Dade, esse me pegou de jeito, pela beleza, pelo significado.

Bjs.

teca disse...

Simples assim, e tão repleto de significado!!!

Beijo carinhoso com flores.

Antonio Carlos disse...

Oi, Dade ..
Eu acompanho o inscrições, e esse em especial mexeu comigo. Tambem estava lendo alguns textos seus de arte, formidaveis. eu enviei um depoimento sobre esses por email. Parabéns por sua sensibilidade, um grande abraço!

Assis Freitas disse...

e a vida dura a eternidade de uma ausência,

beijo

Leonardo B. disse...


[delicado campo branco

onde depositado o passo
fica gravada a palavra.]

um imenso abraço, Amiga Dade

Leonardo B.

Suzana Martins disse...

eternidade...

Beijos

Adri Aleixo disse...

...dor de poeta!

Beijo! Te adoro!

Enylton disse...

Triste, mas belo belo, Dade.

Beijos nossos.

Tatiana disse...

A cor da ausência é citrica, neon, ofuscaste, não é não?
Beijo!