quinta-feira, outubro 04, 2012

Encosta




Aquela encosta distante
contempla o mar
casas da ilha ao longe
janelas e telhados.

Gostaria de viver
contemplativa
mas a vida não perdoa
quer sempre mais
de tuas mãos
teu pensamento
e mais que tudo
a vida quer
sofrimento.



 

7 comentários:

Ivan disse...

A té o ponto de dar inveja de uma encosta...
Belo belo poema, Dade.

Beijos do Ivan

Suzana Martins disse...

Encontro-me num mar de palavras a beira do abismo de mim...

Beijos lindona

Daniela Delias disse...

Às vezes é o que ela quer...

Beijo, beijo

Assis Freitas disse...

a vida quer suor e lágrimas,


beijo

Fred Caju disse...

Se colocar no lugar das coisas é sempre um exercício de humanidade.

teca disse...

Sentimentalmente com lágrimas e suor...

Bom fim de semana.
Beijo carinhoso.

Enylton disse...

A vida pode impedir a contemplação, é verdade. Mas não acontece isso sempre, graças a Geus.

Beijos nossos.