segunda-feira, outubro 01, 2012

Tempo tempo

 
Imagem Luiza Maciel Nogueira.



Se o tempo parasse
com certeza
uma ferida maligna
ia se abrir
em nossas vidas.

O tempo é livre
das dores do mundo
das horas felizes
das mais tristes
e dos momentos de tédio
e escuridão.

O tempo é de ninguém.


14 comentários:

Assis Freitas disse...

o tempo é tão livre que nada o sustém,


beijo

Leonardo B. disse...


[clara a linha do tempo,

o silêncio do tempo que nos contém.]

um imenso abraço, Amiga Dade

Leonardo B.

Bípede Falante disse...

Tocante, Dade.
Tens toda razão.
O tempo não é de ninguém.

beijoss

Luiza Maciel Nogueira disse...

Dade querida eu estou tão mal acostumada, tão mimada por queridíssimos poetas - tão feliz que gostem de meus rabiscos...

beijos!

Marcelo R. Rezende disse...

O tempo é bem vago, ao mesmo que é, não é.
bonito seu poema <3

Noslen ed azuos disse...

ele anda de braços dados com a vida esperando um beijo de despedida.

cheguei aqui através do face da Luiza, bjs

ns

Suzana Martins disse...

O tempo expressa a liberdade criada pelo mundo...

Beijos lindona

Ivan disse...

Magnífico, este poema! Niezschiano, bonito e verdadeiro.

Beijos do Ivan

Luiza Maciel Nogueira disse...

o tempo é um mestre na arte de nos amadurecer, de dançar, de ser

beijos

Adri Aleixo disse...

Grande verdade transformada em poesia.

Lindeza, Dade!

Belo trabalho da Lu!

Verso Aberto disse...

disse bem
o tempo
- poderosíssimo -
é ninguém

abs Dade

Lara Amaral disse...

Sim, faz o tempo o que quer, nós é que somos presos às suas in.constâncias.

E sempre bom ver a Luiza querida acompanhando os poetas!

Beijos.

Daniela Delias disse...

Verdade...que belo!!!

Bjo, Dade!

Vais disse...

Saudações, Dade
grata pelo carinho das visitas e palavras lá no aosabor
seu poema me lembrou da canção do Raul, o dia em que a Terra parou
é bem pirante pensar no tempo, seja pra que lado for
sabemos que tudo(tenha vida ou não)tem um tempo de existência ou de utilidade, a tal 'vida' útil
até mesmo as pedras ou o mais resistente dos materiais se irão quando chegar a hora do sol

"O tempo é a imagem móvel da eternidade imóvel.
Platão"

altamente viajante
e o tempo não sabe que é implacável
e tantas vezes é a cura

e se deixar a gente rende que é uma beleza :)

beijos, querida Dade