segunda-feira, maio 03, 2010

Gesto



Tanto silêncio em volta
o mar tão quieto
e esse gesto em mim
rosa rubra
enquanto pelo mundo
quedam caladas as cores
veladas pela noite.

8 comentários:

Leonardo B. disse...

[não há silêncio que sobre no mundo... existem falta de corações que o saibam escutar; e esse, regenera-se na palavra]

um imenso abraço, Amiga Dade

Leonardo B.

Adriana Karnal disse...

"as coresa veladas pela noite"....lindo! gosto dos tons do poema.

Lara Amaral disse...

As cores que faíscam silêncios.

Lindo, Dade!

Beijo.

Inês disse...

Oi! Vim aqui conferir mais poesia e beleza...
Tá lindo!
Um beijo!

pablorochapoesias.com disse...

Linda poesia... Sensação de inocência, rosa solitária, desligada! Adorei!

Abraço!

Anônimo disse...

O gesto rubro de rosa, as cores que a noite vela e essa musicalidade, demais Dade!

Beijos
César

Jefferson Bessa disse...

o seu gesto interior
na cor
de rosa rubra
abraços
Jefferson.

Gisela Rosa disse...

"esse gesto em si" é mesmo rosa, sim!

Que lindo Dade.

Um grande e imenso beijo,
Gisela