terça-feira, maio 29, 2007

Trama

A história foi tramada
em cores e desalinhos
canções cruzadas
e passos
companheiros.

O amor cortado aos pedaços
é amor para sempre inteiro.

4 comentários:

Ilnea disse...

Ontem à tarde eu fiz um pequeno "recreio", uma pausa nas lides da Moleque, passeando pelos seus blogs. Eu tenho pensado em ter outro, para as minhas "ranzinzices" situacionais, político sociais, estas coisas do cotidiano. E quem sabe outro aqui e ali para outros propósitos. Acedito que, pelo menos, minhas três leitoras continuarão fiéis.
Abraço grande,
I

Amélia disse...

Gostei.É mesmo isso, amiga

Mulher na Janela disse...

para sempre amor, para sempre vida.
o seu poema é um hino à felicidade. e como é bom saber-te esperança e luz.

um beijo grande!

(l' excessive) disse...

Linda a história de todos nós.
Amei este poema!
obrigada pelas suas visitas.
Beijão pra você