quinta-feira, junho 10, 2010

Três pra lá, três pra cá











Costurado entre as vozes
o silêncio
tenta passar despercebido.

Crime

Já é rotina
todas as noites
a sombra mata o dia.

Indicativos

Tinha muitos espelhos pela casa
pra não perder de vista
sua terceira pessoa do indicativo presente.

Tédio

Tédio à tona
o silêncio da noite
é água parada.

Gato

O olhar de um gato distraído
confessa mil telhados
e jardins insuspeitados.


dade amorim


***



Haicai-amigo



Carlos Seabra é autor de um livro só de haicais (Haicais e que tais), cada qual mais inspirado.



Alguns exemplos do trabalho de Carlos Seabra, cujo perfil pode ser encontrado aqui:


004 Torneira

pinga torneira
tic tac do relógio
luz com poeira




006 Narciso

lindo sorriso
imagem no espelho
seduz Narciso




019 Teia

micro na teia
navega na internet

grão de areia


  
028 Sonho

sonho colorido
o sol dança com a lua
você comigo




123 Saudade

travesso gato
com saudade do dono
mija no sapato





5 comentários:

Lara Amaral disse...

Seus poemas podem se entrelaçar com quaisquer outros. Vc domina uma arte, e de forma encantadora!

Beijo.

Gerana Damulakis disse...

Muito bons. Li os do post anterior, de Nina, o 1º me encantou.

Nydia Bonetti disse...

haicais conversadores. ôh, prosa mais bonita... e a minha crença na incomunicabilidade dos poemas, definitivamente se desfaz. :) beijo, dade.

Assis Freitas disse...

haicais sempre caem em fina poesia, maravilha

abraço

Anônimo disse...

Uma delícia, Dade, amei.

Beijos
AnaG